Notícias

4 Dicas que você precisa saber ao organizar o seu IR

4 Dicas que você precisa saber ao organizar o seu IR

A declaração anual do imposto de renda pode gerar dúvidas mas seguindo algumas dicas, o seu preenchimento se torna muito mais fácil e sem erros 

A declaração anual do Imposto de Renda é uma obrigação para todas as pessoas que possuem rendimentos tributáveis com valor superior a R$28.559,79 durante o ano anterior, sendo o valor alterado para R$142.798,50 para pessoas que exercem atividades rurais

Até o momento já foram registradas o envio de mais de 9 milhões de declarações, desde que foi aberto o prazo de entregas no dia 07 de março, lembrando que a data final para o envio termina em 31 de maio. 

Diante de tantos documentos e dados a serem entregues sempre surgem algumas dúvidas, por isso, ao se planejar para a preparação da declaração do IR, fique atento a 4 dicas valiosas que você precisa saber ao organizar o seu imposto de renda que preparamos para ajudar você a não correr o risco de cair na malha fina. 

  1. Não deixe para entregar o IR na última hora

É indicado que a declaração do IR seja realizada e entregue logo nos primeiros dias de sua abertura, dessa forma é possível revisar as informações, e com um prazo suficiente para corrigir qualquer informação incorreta que precisa ser alterada, sem a necessidade de realizar uma declaração retificando os dados anteriores. 

Outro ponto a ficar de olho no prazo, é que quanto mais cedo for feita a sua declaração, mais cedo você irá receber a restituição do imposto de renda quando disponível. E o melhor de tudo, evitando qualquer punição como multa de 1% a 20% por cada mês de atraso em relação ao imposto. 

  1. Entenda quais são os rendimentos tributáveis e não tributáveis

Todas as formas que geram um valor pagador de receita são obrigatórias a emissão de documentos de renda tributáveis e não tributáveis, relacionando tudo o que você recebeu referente ao ano anterior, quando necessário essas informações devem ser revisadas e ajustadas. 

Rendimentos tributáveis:

  • Aluguéis
  • Aposentadoria
  • Benefícios trabalhistas
  • Investimentos
  • Pensão

Não tributáveis

  • Dividendos
  • Herança
  • Rendimentos relacionados a investimentos isentos de imposto de Renda
  • Valores referente ao FGTS

3. Inicie com documentos importantes 

Procure organizar os principais documentos e informações relevantes e que ajudem no momento da apuração do imposto devido, como por exemplo dados sobre informes de rendimentos e despesas que se encaixem como dedutíveis. 

Além deles, reúna e organize outros documentos considerados importantes a serem destacados, como despesas relacionadas à saúde, não possuindo um limite para ser declarada, permitindo assim, a dedução desses gastos. 

4. Não esqueça de reunir documentos que comprovem o seu patrimônio

Ao decorrer do ano, se preocupe sempre em reunir documentos que trazem as principais informações sobre o levantamento do seu patrimônio, esses dados podem incluir diretamente bens como imóveis e automóveis, além de depósitos que foram realizados em sua conta. 

A apresentação desses documentos servirá como grande auxílio na hora de preencher e conferir os dados registrados em sua declaração. 

Invista em uma assessoria contábil

A contabilidade da sua empresa está sendo bem cuidada? Saiba que uma má gestão contábil pode gerar prejuízos e despesas que poderiam ser minimizados quando lidamos com maior atenção. 

A Albatroz Assessoria Contábil possui experiência de mais de duas décadas em gestão e prestação de serviços especializados em contabilidade, realizados por um equipe própria de profissionais e ferramentas que vão ajudar você a realizar a gestão financeira e auxiliar no crescimento da sua empresa. 
Você tem dúvidas de como declarar o seu IR corretamente? Fale com a Albatroz Assessoria Contábil hoje mesmo, e veja como nossa equipe de profissionais pode auxiliar você no preenchimento e envio da sua declaração.